Últimas Notícias

APP DIGITAL TORNA MAIS ÁGIL LIBERAÇÃO DE LAUDOS DO ICRIM -MA


por Sandra Viana

Uma nova ferramenta vai tornar mais ágil a conclusão de laudos periciais elaborados pelo Instituto de Criminalística do Maranhão (Icrim-MA). Criado por técnicos do instituto maranhense, o aplicativo Inlaudo permite a inserção dos dados no aplicativo e a conversão automática para o laudo em formato editável. A ferramenta substitui o modelo manual de inserção de dados no sistema, agilizando a elaboração do documento. O aplicativo, em vigor desde o ano passado, é pioneiro no país e o Maranhão o primeiro Estado utilizar esse modelo de informatização para produzir laudo pericial. 

A ideia do aplicativo surgiu de impasse encontrados para a maior agilidade na elaboração dos laudos, ressalta o perito criminal e diretor do Icrim, Robson Mourão Lopes. “Pensamos em criar uma ferramenta que pudesse tornar menos burocrática e mais rápida a produção dos laudos e assim, melhorar a eficiência do trabalho dos nossos peritos. A partir desta busca, chegamos a modelos que foram revistos e passaram por testes, até a criação do que seria o aplicativo a ser usado pelo instituto. Nosso intuito é ampliar esta ferramenta a outros municípios maranhenses”, explica.

O Inlaudo possui uma planilha padronizada que recebe as informações dos casos. Ao serem digitados por meio informatizado, os dados são diretamente lançados no sistema geral do Icrim e em formato que pode ser editado, havendo surgimento de novas informações. “A nova ferramenta substitui o papel e a prancheta otimizando o atendimento no local de crime da ocorrência e reduzindo consideravelmente o tempo de produção do laudo pericial”, reforça o diretor do instituto. O aplicativo é usado no registro de crimes externos como homicídios, acidentes de trânsito e crimes contra o patrimônio. Um total de 24 peritos do Icrim-MA já utilizam a ferramenta.

Antes da criação da ferramenta, a produção em média dos laudos da externa relativos às ocorrências de um mês levava até seis meses para serem produzidos. Agora, esse prazo reduziu para entrega dentro do próprio mês, haja vista o número de laudos produzidos da referida seção ser igual ao número de ocorrências geradas . O primeiro semestre do ano passado, quando o aplicativo estava em teste, foram elaborados 60% dos laudos mensais, pelo Icrim-MA. 

Já no segundo semestre, com a ferramenta em uso, esse número cresceu para um número correspondente a 100% dos laudos. “É um formato ágil, simples e dinâmico. Em outros institutos, ainda se utiliza papel e prancheta e os laudos são inseridos manualmente no sistema. Apenas nosso Icrim possui tal ferramenta nesses moldes para a perícia externa”, reforça o diretor do instituto.

Fonte: Secap

Sem comentários