Últimas Notícias

FLA PERDE EM CASA PARA O CEARÁ



Getty / Buda Mendes Ceará vence nos acréscimos e Flamengo deixa Maracanã sobre protestos da torcida

A torcida compareceu em massa para apoiar o Flamengo, mas deixou o Maracanã frustrada. Com gol nos acréscimos, o Ceará estragou o domingo dos rubro-negros com vitória por 1 a 0.

O time cearense segue ameaçado, na vice-lanterna, mas vai dando sinais de reação e, com 20 pontos, começa a se aproximar do bolo do meio da tabela. Já o Flamengo deixa escapar a chance de ultrapassar o Internacional e se aproximar do líder São Paulo, que jogará de tarde contra o rival Fluminense.

Ceará suporta a pressão do Maraca cheio
Empurrado pelo público que compareceu em massa ao Maracanã, o Flamengo foi para a pressão nos minutos iniciais. O time rubro-negro não saiu da área do Ceará e criou inúmeras possibilidades para abrir o placar, embora sem sucesso.

Diego chegou a balançar as redes aos 11 minutos, porém em posição de impedimento. No minuto seguinte, o meia acertou cobrança de escanteio no travessão. Quando o chute teve a direção do gol, como na bomba de Réver antes dos 20, Éverson apareceu bem para fazer as defesas.

Apesar do domínio do Flamengo, o Ceará melhorou antes do intervalo e teve duas boas chances de marcar. Primeiro com Leandro Carvalho, em contra-ataque veloz. Diego Alves teve de sair do gol para fechar o ângulo e por pouco não tomou por cobertura. Logo depois, Juninho Quixadá aproveitou sobra de bola na área e finalizou ao lado, raspando a trave direita de Diego.




Gol nos acréscimos para calar o Maraca

O Ceará voltou para o segundo tempo com Felipe Azevedo no lugar de Calyson. O atacante já testou Diego Alves em contra-ataque nos minutos iniciais, mas foi um lance isolado, com o Rubro-Negro novamente dominando as ações.
O problema do Flamengo foi na qualidade das finalizações. Marlos e Henrique Dourado foram substituídos ainda no início da segunda parte para as entradas de Vitinho e Lincoln, em uma tentativa de resolver o problema. Lucas Paquetá, um dos mais ativos no ataque, seguiu em campo e errando o alvo consecutivamente. O meia chegou a ser vaiado pelo torcedor.

No fim, Maurício Barbieri apostou em mais um atacante com a entrada de Uribe na vaga de Piris, em última tentativa pela vitória. Mas quem levou os três pontos foi o time visitante, nos acréscimos, com gol de Leandro Carvalho depois de passar por Réver.

Sem comentários