Últimas Notícias

"QUERO VER A BAHIA DAR A MAIOR VOTAÇÃO A LULA" DIZ RUI




Se alguém ainda tinha dúvidas sobre o porquê de apelidarem o governador da Bahia de ‘Rui Correria’, precisava acompanhar o roteiro da caravana que o candidato à reeleição comandou nesta sexta, incluindo sete cidades do Litoral Sul e Baixo Sul. Começando por Uruçuca, Rui puxou a caminhada da coligação “Mais Trabalho Por Toda a Bahia” pelas ruas da cidade, saindo do Distrito de Serra Grande. Pé na estrada, em Itacaré uma nova caminhada, que atravessou a avenida principal até a Praça da Bandeira. Na terra onde foi inaugurado, em julho, o primeiro Centro de Treinamento para Canoagem, estruturado também em Ubaitaba e Ubatã, às margens do Rio de Contas, Rui garantiu: “Vocês bem sabem como é difícil remar contra a maré, como tenho feito nos últimos anos, mas agora o Brasil vai retomar seu caminho, com Lula, e eu não vou só manter o ritmo correria, vou acelerar, fazer mais pelo povo da Bahia”.

Mais chão pela frente, em Camamu o povo fez concentração na comunidade de Laranjeira, e saiu em carreata até o Mercado de Artesanato. Ali, o candidato à reeleição assegurou a reforma e recuperação do Atracadouro de Cajaíba, com intervenções e melhorias no transporte da população e crescimento do turismo. Cerca de 250 mil habitantes dos municípios de Itacaré, Ituberá, Valença, Barra Grande, Marau e Camamu serão beneficiados com as obras. Igrapiúna foi a cidade seguinte, com mais caminhada, saindo do Autoposto Barramar. “Essa campanha é curta, pouco mais de seis semanas, mas eu tenho certeza de que no dia 7 de outubro, lá pelas 20 horas, quando eu estiver vendo os números no placar da eleição, vou saber que fomos nós, os baianos que mais ajudamos a eleger Lula”, apostou Rui Costa.

A Correria pela Bahia também visita as cidades de Ituberá, Nilo Peçanha e Taperoá. Nas duas primeiras, Rui tem caminhada ao lado dos candidatos a vice-governador, João Leão (PP), e ao Senado, Jaques Wagner (PT) e Angelo Coronel (PSD), além de políticos da coligação e candidatos a deputado federal e estadual. Em Taperoá, o dia de correria vai terminar com um grande ato público, na Praça da Bandeira. A cada parada, o candidato do PT à reeleição ao governo estadual repete o chamamento maior ao povo do Baixo Sul: “Quero ver a Bahia dar a maior votação a Lula”.



CORRERIA PELA BAHIA

Amanhã (25) será a vez de Valença, às 9h, onde o público vai se reunir na Praça da República, Centro. O percurso vai passar pela rua Rui Barbosa, acessar o Calçadão, e encerrar na avenida Marita Almeida (feira de Valença). Logo em seguida, às 11h, será a vez de Nazaré, com concentração na Feira Nova, bairro Muritiba. Em Muniz Ferreira, a carreata sai às 13h, do trevo da entrada principal da cidade; quando chega em Santo Antônio de Jesus, às 14h, tendo o público concentrado na BA-046, recuo do restaurante Bode na Brasa. Em Conceição do Almeida, a caminhada sai às 16h, da Praça da Prefeitura; a última cidade visitada será Sapeaçu, que recebe a comitiva às 18h, na Avenida Edgar Santos.

Fechando a jornada no domingo (26), a comitiva será recebida em Cruz das Almas, a partir das 8h30, na entrada da cidade (Cajá), e depois pega a estrada para Governador Mangabeira, onde o público deverá se concentrar, às 10h30, na Praça Castro Alves; passa por Muritiba, às 11h30, onde desembarca em frente à casa Paroquial (rua das Flores) e vai até a Praça do Bonfim; continua a Correria em Conceição da Feira, às 12h30, quando visita a Praça da Matriz; finaliza a maratona em São Gonçalo dos Campos, às 13h30, na Praça da Matriz. Só neste final de semana, a Correria pela Bahia passará por seis dos 27 territórios de identidade do estado: Bacia do Jacuípe, Piemonte do Paraguaçu, Litoral Sul, Baixo Sul, Recôncavo e Portal do Sertão.




Fotos: Ulisses Dumas/ Divulgação

Sem comentários