Últimas Notícias

OZIEL RECEBE SINPROLEM E REAFIRMA COMPROMISSOS




O fim da greve dos servidores da educação em Luis Eduardo Magalhães deixa como saldo positivo a importância do diálogo franco, transparente e objetivo entre o prefeito Oziel Oliveira e a categoria. Desde que a greve foi anunciada, o gestor em nenhum momento foi para o confronto. Pelo contrário: buscou incessantemente o diálogo, ouviu as reivindicações, participou de uma assembleia da categoria e elencou as razões jurídicas que o impediam de atender as reivindicações.

Os servidores públicos também não buscaram o conflito. Tiveram um comportamento exemplar: não vaiaram, não xingaram, não buscaram o conflito. De espíritos desarmados, ouviram as questões apresentadas pelo gestor, e de forma lúcida e equilibrada, mostraram maturidade para entender as circunstâncias atuais e, sobretudo, os impedimentos legais para atender as demandas. Resultado: os servidores em votação democrática, decidiram por maioria absoluta que a greve deveria ser encerrada, como realmente foi.

Atitudes como essa revelam uma face nova na gestão pública. Se antigamente os gestores se sentiam deuses e se encastelavam, se recusando muitas vezes a receber os grevistas, a visão hoje é outra completamente diferente. A opção é pelo diálogo franco, transparente e democrático. Um avanço e tanto.

Este cenário tem ainda uma vantagem adicional. Aprofunda a confiança mútua entre os servidores e o gestor tornando o processo administrativo mais dinâmico, mais aberto, mais democrático e com as partes entendendo que o diálogo sempre foi e sempre será o melhor caminho para se buscar as soluções para qualquer problema.

O prefeito Oziel Oliveira saiu maior neste episódio por ter mostrado capacidade de buscar o entendimento. Os servidores também. Pela mesma razão.

Fonte: Mural/Portal Valle

Sem comentários