Últimas Notícias

FESTIVAL MIMOSO DE CINEMA


FESTIVAL MIMOSO DE CINEMA TEM QUASE MIL PRODUÇÕES INSCRITAS E PROSSEGUE ATÉ DOMINGO


Até o fim de semana o 1º Festival Mimoso de Cinema é uma excelente oportunidade para os amantas da 7ª arte conhecerem produções cinematográficas baianas e de outros estados. O evento realizado em Luís Eduardo Magalhães está sendo considerado o segundo maior do Brasil em número de trabalhos inscritos. Ao todo, são 819 produções, divididas nas categorias baiana e nacional. 

A abertura do Festival foi realizada na quadra de esportes do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEUs), no bairro Santa Cruz, com uma entrevista coletiva e a apresentação de diversos trabalhos. 

Para o prefeito Oziel Oliveira, a primeira edição do Festival Mimoso é um divisor de águas no apoio a cultura de Luís Eduardo Magalhães. O prefeito destacou ainda que Luís Eduardo Magalhães, que já é conhecida nacionalmente pelo potencial agrícola, também ganhará destaque em todo o Brasil pelo incentivo as produções cinematográficas.

“Apoiamos a iniciativa porque temos a certeza que o incentivo é fundamental para quem produz cultura. Não tenho dúvidas que esse é o marco inicial de um projeto que será o maior do Oeste da Bahia, um dos maiores do estado a até mesmo do Brasil”, comentou.

A diretora da Fundação Cultural do Estado da Bahia, Renata Dias, comemorou a realização do Festival Mimoso de Cinema. Para Renata Dias, iniciativas como essa se tornam referência e sempre terão o apoio por parte do governo do Estado. 

“Nós já desenvolvemos projetos em 219 municípios da Bahia, mas nenhum iniciou com tanta expressividade como aqui em Luís Eduardo Magalhães. Não tenho dúvidas de que num futuro bem próximo colheremos excelentes frutos do que estamos semeando neste momento”, vibrou. 

A 1ª edição do Festival Mimoso de Cinema atraiu pessoas de outras regiões do estado. Cerca de 90 estudantes da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e do campus de Santa Maria da Vitória, da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) também marcam presença. 

O festival continua até o dia 6 de maio e qualquer pessoa pode acompanhar as exibições que são gratuitas. Quem desejar maiores informações pode acessar o site www.festivalmimoso.com.br

A cerimônia contou com as presenças da diretora de audiovisual da Fundação Cultural do Estado da Bahia, Daniela Fernandes; do cineasta e idealizador do evento, Michel Santos; do diretor teatral do Coletivo de Experimentação e Pesquisa em Arte e Cultura (Cepac), Felipe Broenig, e do diretor musical do Cepac, Shaolin Barreto.














Sem comentários