Últimas Notícias

CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RISCO RECEBEM ATENÇÃO DO MUNICÍPIO


O futuro de crianças e adolescentes em situação de risco também é uma preocupação para a Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães. O Programa de Erradicação do Trabalho Infatil (Peti), da Secretaria de Trabalho e Assistência Social e da Rede do Bem, realizam na tarde desta terça-feira (24), a última das três visitas programadas a locais de propensa vulnerabilidade para infanto-juvenis, a feira do bairro Mimoso II.

A finalidade de ação é identificar as crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil e tentando sensibilizar os feirantes e comerciantes deste município, a não contratação da mão de obra infantil. Graças ao trabalho, duas crianças pedintes de ruas foram encontradas.

Segundo informou a secretaria de Trabalho e Assistência Social, o Conselho Tutelar já foi acionado para cuidar dessas duas crianças em situação de rua. No caso das crianças que já foram identificadas, o segundo passo será a abordagem às famílias desses menores.

As crianças serão inseridas no programa para receberem o Bolsa Peti, que acrescenta o valor de R$ 30 mensais ao Bolsa Família. Além disso, as crianças são encaminhadas para Rede de Proteção.

A iniciativa é conjunta e envolve o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Serviço de Convivência e uma escola tempo integral, como forma de retirar em definitivo as crianças e adolescentes das ruas e do trabalho ilegal.

Na quarta-feira (25) haverá palestra sobre o trabalho infantil na Escola Henrique de Freitas, no assentamento Rio de Ondas nos dois horários. O programa começou no último dia 21, na feira do bairro Jardim das Acácias. No sábado (22) foi a vez do Santa Cruz.



Sem comentários