Últimas Notícias

OZIEL CONFIRMA CONSULTA PARA CRIANÇA NO HMIB


A prefeitura de Luís Eduardo Magalhães tomou conhecimento através da imprensa local e agiu rápido no caso da pequena Kemilly Vitória Silva Santos, que sofre de uma doença rara. 
Na destaq uinta-feira, 11,  a imprensa foi comunicada pela Chefe de Gabinete sobre o caso, Pollyane Klauck reuniu os pais da criança no gabinete do prefeito Oziel Oliveira para comunicar que a Secretaria de Saúde do município conseguiu agendar uma consulta para próxima.
Ela vai ser atendida em regime de urgência no dia (16), pelo cirurgião pediátrico Alcimar Gonçalves Junior no HMIB – Hospital Materno Infantil de Brasília, conforme agendamento a baixo.
O secretário de saúde do município de Luís Eduardo Magalhães recebeu a equipe de O PORTAL VALLE, e disse que a criança que é natural de Luís Eduardo não vinha recebendo a devida atenção por parte das gestões anteriores, o tratamento foi iniciado, mas não teve sequencia. 
Dr. Felipe Melhem, disse que a demanda trata-se de uma Síndrome chamada de Beckwith-Wiedemann (BWS), uma desordem rara na qual o padrão de crescimento de determinados órgãos é aumentado. 
As pessoas com BWS convivem com uma série de malformações congênitas. Os sintomas mais assustadores são alterações faciais, mais especificamente macroglossia (crescimento anormal da língua que atinge um tamanho maior do que a cavidade bucal), como é o caso de Kemilly.
No inicio do tratamento Kemilly passou por uma traqueostomia, um procedimento cirúrgico, algo parecido com um "buraco na garganta para permitir a passagem de ar". 
Este procedimento é feito no centro cirúrgico ou na própria UTI, sob anestesia geral, Traqueostomia através de uma pequena incisão no meio do pescoço. Após a abertura da traquéia, uma cânula de traqueostomia é introduzida e conectada ao aparelho de ventilação, o problema segundo Dr. Felipe é que o pai da criança disse que desde que foi colada, a traquéia nunca teve manutenção.

AGORA ACREDITO!


 O pai da menor, Mauricio dos Santos Reis disse a reportagem que estava desempregado e por isso não conseguiu realizar a cirurgia da filha, e que o TFD do município na época não deu o devido apoio, iniciou, mas não deu continuidade.

Ao receber a notícia que o prefeito Oziel Oliveira havia determinado urgência no atendimento, Mauricio ficou feliz e disse que agora acredita que a cirurgia vai acontecer.



Nenhum comentário