Últimas Notícias

CARAVANA LEGAL PROPORCIONA SERVIÇOS DE SAÚDE A COMUNIDADES CARENTES



Caravana Legal proporciona serviços de saúde a comunidades carentes


“Sou muito pobre, não tenho como pagar consulta médica particular, e o sistema de saúde pública nunca tem vaga ou médico”, disse a dona de casa Rita de Fátima, de 43 anos, uma das mais de duas mil pessoas atendidas esse ano pela Caravana Legal, iniciativa que leva atendimento médico às comunidades carentes. Ela esteve neste fim de semana na Igreja Batista de Tubarão, em Paripe, onde recebeu atendimento ginecológico e fez controle de glicemia e pressão, coisas que não faziam há muito tempo. “Ações como essa são muito importantes para a população carente e precisam ser realizadas com constância”, desejou.

Coordenadora do projeto Caravana Legal, a advogada Livia Souza explica que “nosso objetivo é humanitário, visando ajudar pessoas que precisam de atendimento de saúde e jurídico, e que não tem acesso aos serviços públicos”. Ele revelou que “nesse trabalho nós contamos com a participação de profissionais que doam seu tempo, e com o apoio do deputado estadual Heber Santana, que viabiliza a realização das caravanas”.

Além da população de Tubarão, as comunidades do subúrbio ferroviário de Praia Grande e Itacaranha, e dos bairros de Santa Cruz, Curuzu e Águas Claras foram beneficiadas com serviços médicos, jurídico e de cidadania, proporcionados pela Caravana Legal. Foram realizados atendimentos nas áreas de Ginecologia, Gastroenterologia, Odontolgia, Ortopedia, aferição de pressão arterial, controle glicêmico, controle de glaucoma, orientação jurídica, orientação contábil, cadastramento para o Bolsa Família, serviços da Embasa, além de oficina de artesanato, corte de cabelo, maquiagem e esmaltação.

Para Carlos Alberto Santos Souza, pescador de 55 anos, a manhã do último sábado foi especial. Depois da consulta oftalmológica, feliz com o resultado da aferição de glaucoma, ele aproveitou para cortar o cabelo e aferir pressão. “Esse trabalho de vocês é muito humano e ajuda demais às pessoas que precisam de atenção”, disse. Para Lindinalva Silva Andrade, de 38 anos, foi a oportunidade de dar atendimento odontológico ao filho Luan, de 7 anos. “Esse trabalho é maravilhoso”, afirmou.

"Esse evento é uma benção que deve ser repetida", disse a taxista Lucielma da Silveira Grego, satisfeita com o atendimento que teve durante a Caravana Legal, em Praia Grande. A aposentada Albertina de Jesus, de 70 anos, residente em Coutos, também ficou feliz com a oportunidade. Depois de aferir a pressão e fazer teste de glicemia, ela afirmou que "ações como essa devem acontecer sempre". Esse é também o pensamento de dona Eliana de Jesus Souza, de 40 anos, depois da consulta médica com os profissionais de Gastroenterologia e Ginecologia. "A iniciativa é maravilhosa", elogiou.



Assessoria de Imprensa – 7 de dezembro de 2017

Josalto Alves – DRT-BA 931

71.98751.7484 98799.7484

Nenhum comentário