Últimas Notícias

LEM URGENTE


RESGATE DIRECIONADO

Aconteceu na manhã desta quarta-feira, 8 de novembro, o lançamento do Projeto Resgate, ocorrido no Auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães.
Juntos Ministério Público do Estado da Bahia, Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães, o Centro de Referência de Assistência Social e Secretaria de Trabalho e Assistência Social e a sociedade organizada firmaram um pacto pelo salvamento de jovens que comentem atos infracionais (diretamente com o tráfico e consumo de drogas).

MINISTÉRIO PÚBLICO

Para o promotor de Justiça do Justiça do Estado da Bahia, Marcio Do Carmo (Promotoria de Luís Eduardo Magalhães), fez um explanação do tramite legal que vai da apreensão do jovem até o desfecho do ato infracional analisado pelo juiz, depois dos processos judiciais vem a pena sócia educativa e em seguida o ponto mais importante, a participação da família na recuperação desse adolescente.
Para o promotor não basta apenas à intervenção das autoridades, a família e a sociedade devem caminhar juntos nessa tarefa que não estar sendo fácil de combater, o promotor disse ainda que a cerca de 20 anos atrás, as drogas só existiam nas grandes cidades, hoje se alastrou de uma forma assustadora chegando a todos os municípios e classes.

A secretária de Governo do Município, Katerine Rios, em sua fala foi interrompida diversas vezes, fez uma analise precisa dos fatos apontando a sociedade em sua maioria como preconceituosa “é simples, quando um adolescente é pego em algum deslize e que começa a andar com seu filho, os pais logo alertam, esse menino não é uma boa companhia e assim segue sem dar oportunidade para quem precisa” disse.

Por sua vez o secretário de Ordem e Trânsito, Daniel Alvares falou sobre a importância da participação dos pais no dia-dia dos filhos, principalmente na escola, ele disse que a  iniciativa da prefeitura em apoiar o projeto tem como finalidade disponibilizar alternativas reais e assistidas para os adolescentes infratores do município se afastarem do universo do consumo de drogas e da criminalidade, “o futuro desses jovens não é amanhã, é hoje, é agora” disse Daniel.

A psicóloga Alexsandra Berner (CREAS) apresentou ao público todos os serviços de acolhimento realizado pela Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, ressaltou a importância do envolvimento do Ministério Público da Bahia e do Fórum de Luís Eduardo Magalhães que através do juiz Claudemir e os demais magistrados não têm medido esforços para resgatar adolescentes que comentem atos infracionais, principalmente envolvimento com drogas.


O vice-prefeito Vanir Kolln iniciou justificando a ausência do prefeito Oziel, que continua correndo em busca de melhorias e parcerias para o município, Vanir, reafirmou o compromisso da Prefeitura e  garantiu que a iniciativa vai atingir o objetivo proposto que é combater as drogas e  dar uma nova oportunidade aos adolescentes e reinseri-los na sociedade”, completou.   

CANETADA

O governador Rui Costa se reuniu com secretários estaduais e representantes da Associação dos Professores Licenciados do Brasil - Secção Bahia (APLB-BA) nesta quarta-feira (8), na Governadoria, quando assinou projeto de lei concedendo duas promoções para professores e coordenadores do ensino fundamental e médio. Encaminhada à Assembleia Legislativa (Alba), a medida representa um ganho médio de 14% para categoria, até maio de 2019.

CANETADA II
Além de antecipar o pagamento sobre o salário básico, o Governo do Estado vai incentivar a promoção dos profissionais. “[O projeto] é, principalmente, um reconhecimento. Tanto é que nós vamos promover uma formação para mais de 25 mil professores da nossa rede, para eles terem direito a esse ganho. Serão 6% agora [neste ano], depois um resíduo de 1% em maio do ano que vem e mais o restante, os outros 7%, em novembro de 2018”, explica o secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro. O projeto vai beneficiar 29 mil educadores e terá um investimento total de R$ 348 milhões.


FERRAMENTAS PARA PAZ

Especialista em Direito Público e Eleitoral e professor de Direito Constitucional, Direito Administrativo e Introdução ao Estudo do Direito, o professor André de Jesus enfatizou que “efetivamente alcançaremos a paz no momento que o amor, como valor e como sentimento, for inserido em todas as normas jurídicas, nacionais e supranacionais”. Todos os trabalhos apresentados no Seminário serão transformados em um livro a ser publicado pela UFRJ.


Nenhum comentário