Últimas Notícias

Governo certifica 138 merendeiras da rede pública de ensino em capacitação sobre segurança alimentar


Fonte: Sedes
10/08/17

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social  (Sedes), entregou nesta quinta-feira (10), certificados a 138 merendeiras da rede pública de ensino, durante solenidade ocorrida na Creche Turiúba, em São José de Ribamar.

A capacitação é coordenada pela Secretaria Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (Sasan) e visa levar conhecimentos técnicos aos profissionais da área de alimentação escolar, para proporcionar mais qualidade no preparo e manipulação das refeições servidas nas escolas públicas estaduais e municipais.

O secretário de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, explicou porque os investimentos em capacitações como essa continuarão. “Na capacitação é ensinado a adequar  o cardápio de acordo com os alimentos que cada escola possui priorizando os valores nutricionais. Além disso uma pesquisa é realizada junto aos alunos para saber se eles estão gostando das receitas.  Muitas das vezes essa é a refeição principal das crianças e é inegável que uma  alimentação de qualidade tem influência direta no processo de aprendizagem. Mesmo com a crise que afeta o país inteiro, estamos fazendo o possível para continuar com o desenvolvimento direcionado a quem mais precisa, esse curso é fundamental para esse objetivo", disse o secretário.

Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o projeto de capacitação de merendeiras já beneficiou centenas de profissionais da área em  mais de 10 municípios do estado. As ações e integram a política de Segurança Alimentar executadas pelo Governo , por meio da Sedes, visando à redução dos índices de insegurança alimentar no estado.
Segundo a secretária da Sasan, Lourvídia Caldas, a capacitação repassa princípios básicos higiênicos e sanitários dos ambientes onde são preparadas as refeições, visando à redução dos riscos de contaminação dos produtos e garantir aos alunos uma alimentação mais balanceada e segura.

“O projeto de capacitação de merendeiras é uma ação de grande alcance social em diversos aspectos, pois além de promover a qualificação dos profissionais da área, contribui para que as refeições servidas nas escolas públicas sejam elaboradas com mais qualidade, profissionalismo e zelo com as questões sanitárias”, frisou Lourvídea Caldas.

O curso é composto por módulos teóricos e práticos que versam sobre novas técnicas de preparo de alimentos, formas de aproveitamento integral dos produtos, valor nutricional dos alimentos, boas práticas de manipulação dos alimentos, dentre outros temas referentes à alimentação escolar.

O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, agradece o governo pela atenção dada  à segurança alimentar. "As merendeiras garantem uma parte importante do processo de ensino e aprendizagem, porque as crianças precisam ser bem alimentadas para que possam ter um bom rendimento. Estamos gratos ao governador Flávio Dino e a Sedes, por esse olhar voltado a nossa população que nos ajuda no bom desenvolvimento e reconstrução da nossa cidade".

A programação da solenidade contou com a entrega dos certificados, apresentação de coral dos alunos da creche Turiúba e do Liceu, almoço com pratos feitos com reaproveitamento de alimentos, preparado pelas merendeiras, além de apresentação do grupo Tambor de Crioula de São José de Ribamar.

A merendeira Ana Maria Fonseca destacou diversos aprendizados do curso. "Fiquei muito animada com o curso porque eu jogava muita coisa fora que hoje já aprendi a utilizar em receitas deliciosas e nutritivas. Hoje os alimentos não se estragam e nem vão mais pro lixo", disse Ana Maria.

Prestigiaram o evento o secretário de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista; a secretária adjunta de Segurança Alimentar, Lourvidia Caldas; o prefeito de São José de Ribamar,  Luis Fernando Silva; além de vereadores e a população local.

Nenhum comentário