Últimas Notícias

PSDB deve ‘desembarcar’ após reformas

Por: São Paulo: Agência Estado10 de Julho de 2017 às 06:00
Na véspera de uma reunião que deverá reunir as principais lideranças tucanas para discutir o possível desembarque do PSDB da base aliada do governo do presidente Michel Temer (PMDB), o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), indicou, ontem, que, por ele, a legenda romperia a aliança e destacou que a decisão de seu partido sobre a permanência ou não na gestão do peemedebista é questão de semanas.
Mas o governador ponderou que o partido tem responsabilidade com o País e que um eventual desembarque pode gerar tumulto num momento em que o governo federal já encontra dificuldades para aprovar a reforma trabalhista.
“Eu encerraria (a aliança). Vamos ter, na terça-feira (amanhã), a decisão da questão trabalhista. É questão de semanas (para o PSDB tomar uma decisão). Olha que não fui favorável a entrar no governo, mas acho que nós deveremos encerrar esse período (das reformas). Depois disso, vejo que não há nenhuma razão para o PSDB participar do governo”, afirmou.

Sem comentários