quinta-feira, 27 de julho de 2017

Rui autoriza obra de R$ 6,4 milhões na BA-647, em Aiquara


Mais um reforço na área de infraestrutura foi garantido para o município de Aiquara, no centro oeste baiano. Em visita à cidade, nesta quinta-feira (27), o governador Rui Costa assinou a ordem de serviço para restauração e pavimentação da rodovia BA-647, no trecho do entroncamento com a BR-330, no distrito de Palmeirinha. Com um investimento de R$ 6,4 milhões, a rodovia vai beneficiar 86 mil habitantes da região, com um tráfego diário de mais de mil veículos.


"Autorizei a obra e as máquinas já estão aqui para começar o trabalho. Um investimento de mais de R$ 6 milhões, que vai garantir conforto, segurança e dignidade para a população, além de desenvolvimento e um melhor escoamento da produção da região", destacou Rui, que revelou a assinatura de um convênio com o município, para o calçamento de ruas, no valor de R$ 500 mil. Uma quadra coberta na cidade também foi anunciada.  


A obra na rodovia, com extensão de 13 quilômetros, vai beneficiar também outras três cidades: Itagi, Itajuru e Itagibá. Para o caminhoneiro Cleiton Nascimento, que passa pela BA-647 com frequência, a obra vai ter um impacto grande na segurança dos motoristas. "Estou muito feliz com a notícia desta obra. Vai ser muito bem vinda, sem dúvida, e vai melhorar muito as condições aqui e ajudar a evitar acidentes. Era uma reforma que a gente estava precisando. A via vai ficar mais rápida e mais segura", afirmou.


Na ocasião, o governador ainda autorizou a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) a celebrar mais de R$ 300 mil em convênios para a recuperação de uma Unidade de Beneficiamento de Mandioca da Comunidade de Palmeirinha, a aquisição de equipamentos para beneficiamento da mandioca e instalação de três unidades de multiplicação de mudas de Mandioca, que também vão beneficiar as comunidades de Maravilha e Piaus.


Ao final da solenidade, Rui também visitou o Colégio Estadual Luis Eduardo Magalhães. Acompanharam o governador nos eventos em Aiquara os secretários da Infraestrutura (Seinfra), Marcus Cavalcanti, e da SDR, Jerônimo Rodrigues. Pela tarde, Rui Costa visitará o município de Itabuna, no sul do estado, onde lança o projeto Escolas Culturais, com o objetivo de promover o protagonismo estudantil e a valorização da cultura territorial.




Fotos: Mateus Pereira/GOVBA

Aniversário de Itabuna é marcado por ações estaduais em Cultura, Educação e Segurança



Itabuna completa 107 anos no dia 28 de julho, uma cidade marcada pelo pioneirismo e espírito empreendedor de sua gente. Neste pouco mais de um século de emancipação, Itabuna se consolidou como um dos principais municípios baianos e é hoje um grande polo regional de comércio, prestação de serviços, saúde e ensino superior. O Governo da Bahia vem dando sua contribuição para o desenvolvimento da cidade, através de obras e ações nas áreas de infraestrutura, segurança, educação, saúde e cultura.


A Barragem do Rio Colônia, em Itapé, é uma obra fundamental para garantir o abastecimento de água da população de Itabuna e atrair novos investimentos. Com cerca de 90% dos trabalhos concluídos, já está em execução final a etapa de concreto do barramento do vertedouro das águas. A próxima etapa da intervenção, realizada pelo Governo do Estado, através da Embasa, empresa vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamernto (SIHS), será a montagem dos equipamentos hidromecânicos, que é a execução das comportas, com previsão de conclusão para o segundo semestre.


A barragem possui eixo com comprimento de 124 metros e altura de 21,4 metros e quando atingir o nível mais alto possuirá volume total de mais de 62 milhões de metros cúbicos de água.  Minimizará ainda o problema das enchentes que inundam parte da cidade de Itabuna e melhorará as condições sanitárias do Rio Cachoeira, contribuindo com a diluição dos efluentes sanitários não tratados das áreas urbanas marginais ao rio. O valor total de investimento é de R$ 108 milhões. O projeto inclui a relocação da estrada, de linhas de energia, a construção de habitações, entre outras obras complementares.


“O município de Itabuna tem um papel relevante na história da Bahia, tanto pela sua participação econômica quanto pela sua rica história. O governo reconhece a importância desta cidade e do seu povo para o nosso estado, e por isso vem realizando uma série de ações para promover o desenvolvimento econômico e social de sua gente”, afirmou o governador Rui Costa, que lança o projeto Escolas Culturais em Itabuna nesta quinta (27) e amanhã participa da programação do aniversário da cidade.  


Ronda Maria da Penha


Um importante espaço para o combate à violência contra a mulher foi implantado em Itabuna, com a instalação da Ronda Maria da Penha, que funciona no 15° Batalhão de Policia Militar (BPM). A nova sede é composta por 11 policiais capacitados para atuar no enfrentamento à violência doméstica e familiar. A Ronda atua em parceria com outras instituições como Vara de Violência Doméstica e Familiar, Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher, Universidade Estadual de Santa Cruz e Ministério Público.


Bahia Produtiva


Em Itabuna e Ilhéus, o Governo do Estado assinou contratos do Bahia Produtiva, beneficiando 17 projetos, no valor total de R$ 3 milhões. Até julho deste ano, já foram investidos R$ 13 milhões em 31 projetos de apoio à agricultura familiar no sul da Bahia.
Os projetos incentivam a produção de cacau e chocolate, frutas, compotas, horticultura e agroindústria, com apoio técnico, apoio à comercialização e inserção em ações como o Programa de Aquisição de Alimentos, contribuindo para a geração de emprego e renda no setor rural.



Educação


Os investimentos na Educação vêm melhorando a qualidade de ensino em Itabuna e permitindo a criação de novos espaços para milhares de crianças e jovens. Entre essas iniciativas, já em funcionamento, destacam-se o Centro Juvenil de Arte e Cultura, no Colégio Estadual de Itabuna. O centro funciona como atividade completar, no turno oposto ao período de aulas. O objetivo é desenvolver novas habilidades criativas e que servem de complemento às aulas do ensino regular e oferece nove opções de oficinas gratuitas.
Itabuna é uma das cidades do Estado onde estão instalados os Complexos Integrados de Educação Básica, no bairro do São Caetano. Os Complexos Integrados de Educação (CIE) são unidades que ofertam Educação Básica e Ensino Superior no mesmo espaço com o objetivo de desenvolver novas metodologias de aprendizado, integrando estudantes e professores da Educação Básica e Superior. O CIE Itabuna é uma parceria da Secretaria da Educação com a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).



A cidade também possui dois centros de Educação Profissional. O Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Biotecnologia e Saúde, localizado no bairro do Pontalzinho, com 1.178 estudantes matriculados em cursos técnicos de nível médio, e o Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) Litoral Sul II, localizado no bairro do São Caetano, com 570 estudantes matriculados em cursos técnicos de nível médio. 


Modernização do Centro de Cultura


A Secretaria de Cultura está investindo na recuperação e modernização do Centro de Cultura Adonias Filho, o mais importante espaço para manifestações artísticas do município. Entre as ações realizadas estão os serviços de Segurança e Combate a Incêndio, melhoria da iluminação externa, adequação às normas de acessibilidade; pintura, recuperação de piso, cobertura, forro, paisagismo, instalação do gradil em substituição ao muro; instalação de novas poltronas na sala principal; melhorias na caixa cênica; lâmpadas para os novos refletores cênicos; e aquisição de mobiliário para foyer.


O investimento total é de R$ 1,3 milhão. Além de espaço para shows, apresentações teatrais, seminários e realização de exposições, o Centro Cultural Adonias Filho oferece espaço para cursos de teatro, dança, pintura, música, etc. 


A Secult desenvolveu em Itabuna, através de projeto apoiado pelo Fundo de Cultura, o programa de formação e qualificação de agentes culturais, voltado ao aperfeiçoamento do pessoal envolvido com o setor, a promoção e a preservação da diversidade cultural, e fortalecimento das comunidades culturais; com a realização de cursos, produção e publicação de materiais conceituais e didáticos, seminários e conferências voltados à gestão e organização da cultura.


Também foram promovidos debates do Centro de Estudos Multidisciplinares da Universidade Federal da Bahia (Cult/Ufba), um dos mais destacados centros universitários de ensino, pesquisa e extensão dedicados à cultura no Brasil; e o Fórum de Agentes Empreendedores Gestores Culturais do Território Litoral Sul - FAEG-Sul Itinerante, formado por instituições públicas e privadas, produtores e grupos independentes voltados às questões específicas de interesse do setor. 


Teatro e duplicação da rodovia Jorge Amado


Duas outras obras importantes já foram confirmadas pelo Governo do Estado para Itabuna. Um convênio com a Prefeitura da Itabuna vai possibilitar a conclusão do Teatro Municipal e do Centro de Convenções, que depende de entrega, pelo município, do projeto do empreendimento para a execução dos serviços. 
A duplicação da rodovia Jorge Amado (Ilhéus-Itabuna) depende apenas de autorização do Tribunal de Contas da União (TCU), segundo afirmou o governador Rui Costa em visita à região.  O TCU questionou o valor de referência formulado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), do governo federal, para a obra, de R$ 109 milhões. Pelos cálculos do TCU, a obra custaria R$ 107 milhões. Porém, a empresa que ganhou a licitação apresentou proposta de R$ 105 milhões. A licitação já está feita, o contrato assinado e as obras serão iniciadas assim que houver a liberação do TCU. O governo baiano tem feito tratativas em Brasília para agilizar o processo, já que a duplicação da rodovia é uma das principais reivindicações da comunidade do sul da Bahia.

Mais imagens:



Governo finaliza últimas intervenções para inaugurar maior Centro de Lazer do Maranhão


Fonte: Secap
Texto: Mariana Salgado
Fotos: Karlos Geromy

O Governo do Maranhão está fazendo os últimos ajustes para entregar à população da Grande Ilha o maior Centro de Lazer do Maranhão. Prevista para ser inaugurada no próximo sábado (29), as obras da Área de Proteção Ambiental (APA) do Itapiracó estão sendo finalizadas. O espaço, antes esquecido, foi reformado, passando por melhorias na estrutura, com novos acessos, obras de urbanização e revitalização do entorno, resultando em um novo ambiente de convivência para os ludovicenses.

“Uma das marcas do nosso governo é a valorização de espaços públicos de convivência e lazer. Por isso, no próximo sábado (29) vamos inaugurar novas praças e equipamentos no Itapiracó. Grande investimento para esporte, lazer e saúde de todos”, anunciou o governador Flávio Dino. 

A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) realizou as obras na APA, tudo acompanhado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema). No complexo tem, agora, três praças principais, com campos de futebol, uma quadra poliesportiva coberta, parquinhos infantis, circuito de skate, áreas para futebol de areia e futevôlei. Ainda existem ambientes voltados para a contemplação do lugar, e treze pequenas praças que garantem o acesso às trilhas, interligando o interior da unidade com as praças maiores e as saídas na Chácara Itapiracó e Comunidade Canudos e Terra Livre.

Para o secretário de Estado de Meio Ambiente, Marcelo Coelho, com o investimento, a APA será tanto um espaço para esporte e lazer, quanto um ambiente de preservação e sustentabilidade da fauna e flora. “A APA  Itapiracó é muito importante para toda a cidade de São Luís, pois visa proteger toda a biodiversidade existente no local, contribuindo, desta maneira, para o equilíbrio de quem mora próximo de toda a sua extensão, além, claro, de ser um ambiente de lazer. É um espaço que resguarda e protege a biodiversidade e os recursos hídricos desta parte da cidade”, pontuou o secretário de Meio Ambiente.

Para o secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, o impacto social da obra é enorme, já que ela, assim como outras dezenas de obras espalhadas pelo Maranhão, gera emprego e renda. “É importante que nós façamos esse tipo de investimento que também gera emprego e renda porque existem atividades comerciais que são intimamente ligadas à qualificação desses espaços públicos, faz com que as pessoas se encontrem mais, ocorra mais integração comunitária e melhore a qualidade de vida das pessoas”, disse.

A Reserva ainda contará com três estacionamentos para receber 250 veículos durante a visitação das três praças principais: Praça do Atleta, Praça da Criança e Praça da Família, além das praças pequenas ao longo da pista de cooper e os acessos às trilhas.

APA

Localizada em São Luís, a área do complexo constitui uma Unidade de Conservação (UC) Estadual de Uso Sustentável criada por meio do Decreto Estadual n° 15.618 de 23 de junho de 1997. Com uma área de 322 hectares, a APA é rodeada por vários bairros, como Parque Vitória, Cohatrac, Itapiracó.

Segurança

Para garantir maior comodidade, conforto e segurança à comunidade, equipes do Batalhão de Polícia Ambiental realizarão rondas, monitoramento e fiscalização da unidade de conservação 24 horas por dia, no sentido de inibir ações de vandalismo, o descarte inapropriado de resíduos sólidos, além de assegurar a segurança do local e dos frequentadores.

Mais imagens:




Rui autoriza obra de R$ 6,4 milhões na BA-647, em Aiquara

Mais um reforço na área de infraestrutura foi garantido para o município de Aiquara, no centro oeste baiano. Em visita à cidade, nesta...