Últimas Notícias

'Fui pressionado a dizer que era culpado. Sou inocente'


© Arquivo Pessoal Adônis José Negri
Em setembro de 2016, a morte de um menino de dois anos, em Cuiabá (MT), após tomar um achocolatado envenenado comoveu o país. Alguns dias depois, Adônis José Negri, de 66 anos, foi preso ao confessar ter envenenado a bebidaque provocou a morte de Rhayron Christian da Silva Santos. O homem foi solto trinta dias depois e aguarda o processo em liberdade.
Recentemente, o juiz Jurandir Florêncio de Castilho Júnior, da 10ª Vara Criminal de Cuiabá, acatou a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) contra ele, por homicídio qualificado por emprego de veneno. Segundo o MPE, o veneno foi colocado propositalmente no achocolato por Negri, que desejava se vingar de um assaltante – Deuel de Rezende Soares, que também foi preso na ocasião, mas já está solto – que estava furtando sua casa e comendo alimentos de sua geladeira. http://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/fui-pressionado-a-dizer-que-era-culpado-sou-inocente/ar-BBCJRnA?li=AAggXC1&ocid=mailsignout

Sem comentários