Últimas Notícias

Marido nega crime e diz que foi “acidente

O técnico de eletrônica e técnico de refrigeração Diógenes de Araújo Freitas, 32, acusado de atear fogo contra a esposa Marcionilde Sousa Freitas, 38, se entregou à polícia na manhã de ontem. Com marcas de queimaduras nas costas, pescoço e braços, ele disse ao delegado Ocimar Nascimento, da seccional da Cabanagem, que os dois foram queimados acidentalmente, mas que teme ser assassinado na prisão a mando da esposa. O detalhe é que a mulher continua internada no Hospital Metropolitano, em coma. http://www.ormnews.com.br/noticia/marido-nega-crime-e-diz-que-foi-acidente

Sem comentários